Israel – feriados em 2019 e 2020

Os feriados em Israel necessitam de aprovação do Knesset, o parlamento deste país. Encontrou lugar no calendário de feriados israelitas a maior parte das festas religiosas judaicas tradicionais, assim como algumas festas seculares, instituídas depois da declaração da independência de Israel em 1948.

Aluguer de carros Israel - compare ofertas rent a car no Aeroporto Ben Gurion em Tel Aviv

As datas dos feriados em Israel obedecem o calendário hebraico lunissolar que não coincidem com o calendário gregoriano. Os feriados têm geralmente o início e o fim ao por do sol, pelo que, tecnicamente, abrangem duas datas.

Sabat – o dia de descanso
Tradicionalmente, o dia de descanso na cultura judaica é o último dia da semana, o sabat (também conhecido com a grafia de ‘shabat’ ou ‘sabá’). Como, segundo a tradição hebraica a semana começa no que , no domingo (segundo o calendário gregoriano), o sabat calha no sábado, sendo celebrado desde o pôr do sol de sexta-feira, até ao pôr do sol de sábado.

Os judeus mais religiosos não trabalham, ou efectuam qualquer actividade que se assemelhe ao trabalho, durante o período de 24 horas. O dia é passado em família, à mesa festiva, onde o challach, um pão típico é indispensável.  A visita ao templo e uma oração especial, o kiddush, são muito importantes.

Sabat
Challah, vinho tinto e as velas de sabat são os elementos indispensáveis do dia de descanso hebraico.

Durante o sabat encontram-se fechadas as instituições públicas em Israel, escolas e bancos. Continuarão a funcionar as empresas particulares não-hebraicas e alguns restaurantes.

Abaixo, a lista de feriados em Israel em 2019 e 2020 (segundo o calendário gregoriano):

2019

Feriado / nome hebraico

2020

20 de março (a noite da quarta-feira) até 21 de março (quinta-feira)

Lembrança da vitória de Ester / Purim

9 de março (a noite da segunda-feira) até 10 de março (terça-feira)

19 de abril (a noite da sexta-feira)

Festa da Libertação / Pessah -início

8 de abril (a noite da quarta-feira)

27 de abril (sábado)

Festa da Libertação / Pesah -fim

16 de abril (quinta-feira)

8 de maio (a noite da quarta-feira) até 9 de maio (quinta-feira)

Dia da Independência / Yom Haatzmaut

28 de abril (a noite da terça-feira) até 29 de abril (quarta-feira)

1 de junho (a noite de sábado) até 2 de junho  (domingo)

Dia de Jerusalém / Yom Yerushalayim

21 de maio (a noite da quinta-feira) até 22 de maio (sexta-feira)

8 de junho (a noite de sábado) até 10 de junho (segunda-feira)

Festa das Colheitas (Pentecostes) / Shavout

28 de maio (a noite da quinta-feira) até 30 de maio (sábado)

29 de setembro (a noite da domingo) até 1 outubro (terça-feira)

Ano Novo judaico / Rosh Hashana

18 de setembro (a noite da sexta-feira) até 20 de setembro (domingo)

8 de outubro (a noite da terça-feira) até 9 de outubro (quarta-feira)

Dia do Perdão (Arrependimento) / Yom Kipur

27 de setembro (a noite do domingo) até 28 de setembro (segunda-feira)

13 de outubro (a noite do domingo) até 20 de outubro (domingo)

Festa das Cabanas / Sucot

2 de outubro (a noite da sexta-feira) até 9 de outubro (sexta-feira)

21 de outubro (a noite da segunda-feira) até 22 se outubro (terça-feira)

Alegria da Torá / Simchat Torá

10 de outubro (a noite do sábado) até 11 de outubro (domingo)

22 de dezembro (a noite do domingo) até 30 de dezembro (seguda-feira)

Festival das Luzes / Chanucá (feriado escolar somente)

10 de dezembro (a noite da quinta-feira) do 18 de dezembro (sexta-feira)

Chanucá – O Festival das Luzes
Designado frequentemente do  Natal judaico, erradamente, devido à época do ano em que calha, o Chanucá, embora celebrado com pompa, não é feriado em Israel. Durante a sua duração somente as escolas interrompe a actividade.

Chanucá marca um milagre ocorrido durante a Revolta dos Macabeus, os judeus que resistiram à tentativa de impor a cultura e as crenças gregas pelo Império Seléucida no sécos II A.C. Os Seléucidas ocuparam um dos templos judeus, preenchendo-o com as esculturas dos deuses helénicos. Tendo recuperado o templo, o Judas Macabeu decidiu purifica-la, queimando um óleo sagrado num lamparina. Embora o óleo era suficiente somente para um dia, a lamparina fiou milagrosamente acesa durante mais que uma semana. Em memória deste acontecimento, a festa do Chanucá tem a duração de 8 dias.

A tradição manda acender lamparinas e velas, estas colocadas num castiçal especial de 9 braços durante o Chanucá. Também são consumidos os pratos preparados com óleo e/ou azeite, entre eles as panquecas de batata, latke e o s donuts recheados com doce de fruta.

Chanucá
Castiçal Chanukiá, o símbolo mais importante do Chanucá.

Nas comunidades judaicas ocidentais, a tradição de oferecer às crianças dinheiro durante Chanucá evoluiu para entrega de prendas, à semelhança da tradição natalícia. Em Israel, no entanto, esta tradição nunca foi adoptada.

O Ano Novo judaico – Rosh Hashaná
O Rosh Hashaná é o primeiro dos feriados no período de dez dias de penitência que iniciam o Ano Novo judaico. Celebra a criação do Homem, mas, também, convida à reflecção sobre a condição humana e o arrependimento pelos pecados. Acredita-se que durante o Rosh Hashaná, Deus julga os crentes e decide cujo nome será inscrito no ‘Livro da Vida’.

O feriado é anunciado pelo toque do shofar, um instrumento feito de chifre de carneiro.

Durante o Rosh Hashaná os judeus religiosos visitam os templos e rezam pela purificação dos pecados. As famílias reúnem-se em casa para um jantar festivo durante o qual são consumidos vários pratos, muitos deles com o significado simbólico. Come-se, entre outros, as maças cobertas de mel, romã, o pão challah e bebe vinho tinto e sumo de uva. Reza-se uma oração tradicional, kiddush.


Israel – feriados em 2019 e 2020
Artigo: Israel – feriados em 2019 e 2020
Temas: , ,

Envie-nos comentários ou sugestões sobre este artigo

Send kommentar