O que ver em Sicília?

A ponta da famosa ‘bota’ italiana, ou seja Sicília, é a maior das ilhas do Mar Mediterrâneo.

Para além das paisagens típicas da região – o verde da vegetação abundante  e o azul-turquesa das águas do Mediterrâneo, assim como o clima ameno, a ilha oferece também uma vasta gama de atrações turísticas.

A inspirar os artistas, filósofos e poetas há séculos (aqui nasceu Arquimedes; a beleza da ilha foi também elogiada pelo poeta alemão Goethe), Sicília orgulha-se de um património cultural valioso que contrabalança o capítulo infame da história moderna da ilha dominada nos finais do séc. XIX pela actividade da máfia siciliana, Cosa Nostra.

A arquitectura barroca e renascentista de Sicília, distinguida pelo comité de Património Cultural da Humanidade da UNESCO, assim como os monumentos de natureza únicos, tornam a ilha num destino versátil e que tem algo a oferecer aos turistas com gostos e interesses diferentes.

Explore Sicília independentemente – verifique os preços de carros de aluguer no Aeroporto de Palermo

Em todos os centros turísticos e hotéis encontrará uma vasta gama de excursões com vários destinos na ilha. No entanto, se preferir viajar independentemente e ao critérios dos seus próprios interesses, considere aluguer de carros na Sicília. Os serviços rent a car são acessíveis, em termos de preços e disponibilidade.

Abaixo, apresentamos algumas das principais atrações de Sicília.

Monumentos UNESCO Sicília
São 7 os monumentos da Sicília que foram incluídos na lista do Património da Humanidade da UNESCO, sendo que mais 4 são candidatas a esta distinção.

Villa Romana del Casale,Enna
Construída no séc. IV d.C., a residência de verão, Vila Romana, é um dos monumentos mais completos e bem conservados dos tempos do domínio do Império Romano em Sicília. Mais do que de uma vila, como indicava o nome, trata-se de um complexo residencial composto por mais de 50 assoalhadas, distribuídas à volta de um pátio central.

O elemento mais característico da Villa Romana são os mosaicos ricos e altamente elaborados que representam cenas da vida quotidiana, Assim como os acontecimentos importantes do Império Romano.

A apresentção da Villa Romana preparada pela UNESCO (em língua inglesa):

Valle dei Templi, Agrigento
O Vale dos Templos na costa noroeste é um representante da cultura grega na ilha. Este complexo de postos arqueológicos, ao contrário do que o nome sugere, situa-se numa elevação do terreno e inclui 7 templos, entre eles: Templo de Concórdia, Templo de Juno, Templo de Zeus e Templo de Heracles foi construído entre séc. V e IV a.C.

Valle dei Templi

O Templo da Concórdia em Valle dei Templi.

As cidades do barroco tardio de Val di Noto
Na costa sudeste da Sicília, merecem atenção as cidades de Catania, Modica, Noto, Ragusa, Scicli, Pallazolo Acreide, Caltagirone  e Militello in Val di Catania, consideradas pelas UNESCO uma representação perfeita de estilo arquitectónico do barroco europeu tardio.

Ragusa

Ragusa, Sicília.

Necropoli di Pantalica
Situada a cerca de uma hora de caminho de Siracusa, e datando do período entre os séc. XII e VII s.C, a necrópole Pantalica é um lugar único e misterioso. É constituída por mais de 5 mil sepulturas, esculpidas nas rochas, frequentemente íngremes.

Necrópole Sicília

Ao visitar o necrópole, esteja preparado para uma caminhada desafiante – o calçado apropriado é recomendável.

Palermo e a igreja catedral de Monreale
A capital de Sicília é uma paragem obrigatória para todos os turistas na ilha. A cidade facilmente preenchera um ou dois dias de visita.

Palermo – vista de cima:

A UNESCO distinguiu em particular a arquitectura normando-arábica dos bairros mais antigos da cidade, patente também na igreja catedral da Nossa Senhora de Monreale, situada a cerca de 14 km a sudoeste de Palermo.

Sicília catedral Monreale

Catedral de Monreale, Sycylia.

Outro exemplo do estilo normando-árabe é a catedral de Cefalu, que também consta na lista do património da UNESCO.

Etna – não perca na Sicília
A visita a Sicília não será completa sem ver de perto a Etna, o maior dos três vulcões activos na Itália (sendo os outros o Vesúvio em Naples e o Stromboli no arquipélago das Ilhas Eólias, a norte da Sicília).

A medir 3 326 metros de altura, Etna é também o vulcão activo mais alto da Europa, sendo visível de vários, até mais distantes pontos da ilha.

A última erupção de Etna de dimensão destrutiva teve lugar em 1928, resultando na destruição quase total da aldeia de Mascali. A actividade vulcânica de Etna de menor escala é registada regularmente.

Poderá subir o Etna a pé, sendo esta a solução para os turistas em boa forma física. A alternativa – menos exigente fisicamente, no entanto mais cara – é a subida no teleférico cuja estação terminal encontra-se a altura dos 2500 metros. Daí, poderá continuar a subida a pé ou optar pelos passeios organizados de jeeps que levam os turistas o mais perto do cume possível, providenciando um guia que de seguida, acompanha-os a pé até ao topo. A subida de jeep tem o preço de cerca de 60 euros, a que deve acrescentar o custo do bilhete (ida e volta) de teleférico, no valor de 30 euros.

A vista do topo do Etna.

Antes de subir o Etna, verifique a previsão de tempo local. O céu nublado impossibilitará apreciar o panorama de Sicília e a chuva dificultará a subida.

Ilhas Eólicas
Entre as atrações de Sicília está também o arquipélago de 17 ilhas Eólias (conhecidas também como Ilhas Líparas), situadas no Mar Tirreno.

Trata-se de ilhas vulcânicas, nas quais a camada de solo fina dificulta a colonização e o desenvolvimento de agricultura, pelos que a pesca, e recentemente também turismo, tornaram-se os pilares da economia local.

As Ilhas Eólias encantam com as suas paisagens vulcânicas, de beleza crua e austera, que Às vezes se assemelham à superfície da Lua.

Ilha Vulcano

Ilha Vulcano.

Durante a época do verão as localidades costeiras das maiores ilhas do arquipélago – Lipari, Vulcano e Stromboli – enchem-se de turistas que escolhem passar aqui as suas férias, ou somente o dia, aproveitando as ligações de ferre de Sicília ou de Calábria na Itália continental.

Descubra as Ilhas Eólias:

Encontre informação útil no portal turístico de Sicília

Leia também: O clima da Sicília.



O que ver em Sicília?
Artigo: O que ver em Sicília?
Temas: , ,

Envie-nos comentários ou sugestões sobre este artigo

Send kommentar