O que ver em Lago de Como – atrações turísticas do norte da Itália

O Lago de Como é uma das atrações mais populares da região de Lombardia no norte da Itália. Situado a cerca de uma hora de carro de Milão, o lago é conhecido pelas suas belíssimas paisagens, por alguns monumentos importantes localizados na sua zona, assim como pela opinião de ‘recreio de ricos e famosos’.

A beleza da região é melhor apreciada através de um simples passeio de carro, com paragens em pitorescas vilas à margem do lago.

Fiat 500 descapotável

Fiat 500 – um ícone italiano; viaje com estilo (embora sem muito conforto).

O meio de transporte próprio, por exemplo um carro alugado, é uma solução muito popular para explorar a zona deoLago de Como.

No sopé dos Alpes
Lago di Como está situado ao sopé dos Alpes suíços, na chamada ‘região dos lagos’, a que, para além de Como, pertencem também os lagos de Garda, Lugano e Maggiore.

Mapa dos Lagos Italianos

Mapa dos lagos no norte de Itália.

Como, o terceiro maior lago italiano, e um dos mais fundos da Europa, tem a forma da letra ‘Y’ invertida. Na extremidade norte do lago situa-se a localidade Colico. Nas extremidades sul encontram-se a vila de Como (o ramo oeast do lago) e Lecco (ramo leste). Na parte central, entre os ramos sul, está Bellagio, a maior localidade na zona.

Atrações tuísticas Como
Para muitos turistas a visitar a zona de lagos italianos, a primeira paragem é a vila de Como.

Apesar das dimenções reduzidas (Como conta com cerca de 84 mil habitantes), a vila oferece um leque de atrações turísticas.

Uma das mais procuradas é a sé, Il Duomo, embora as outras igrejas mais pequenas encantam com as ornamentações opulentes, frescos e tapeçaria de várias épocas.

Como destaca-se também pela sua elegante arquitectura, cuidado paisagístico patente nos parques da cidade e uma interessante oferta de museus.

Um dos filhos mais famosos de Como era Alessandro Volta, o inventor de bateria. A sua vida e obra inspiraram o museu de electricidade, Tempio Voltiano. Em como poderá também admirar o farol Volta, nomeado em honra do físico. Apanhe um teleférico até ao farol para apreciar a belíssima panorama do lago.

Bellagio – a pérola do Lago di Como
A cidade de Bellagio situa-se no promontório que separa os ramos sul do lago. Esta localização pitoresca e privilegiada ganhou-lhe a alcunha de ‘pérola de Como’.

Restaurantes elegantes e cafés de charme abundam na zona junto ao lago, atraindo tanto turistas, como moradores locais. Muito popular é, também, a zona histórica de Bellagio, Borgo, que encanta com um labirinto de ruas estreitas, becos e escadarias.

Bellagio, um local de charme e sofisticação, é um excelente destino para excursão de um dia. Os turistas que tencionam aqui pernoitar, devem contar com o nível de preços bastante elevado. A oferta de alojamento é reduzida aos hotéis e pensões de luxo, sendo difícil encontrar alternativas mais económicas.

Poderá, no entanto, escolher entre restaurantes de nível de preços variado. Os amantes de arte culinária poderão ter interesse em visitar o restaurante Mistral, distinguido com uma estrela de Michelin.

O guia de Bellagio e Varenna (em língua inglesa):

Ferries de e para Bellagio
Localizado centralmente na zona do Lago de Como, Bellagio dispõe de várias ligações de ferry para outros pontos de interesse nas margens do lago, como por exemplo Menaggio, Varenna e Tremezzina. Muitos dos ferries permitem o transporte de viaturas, pelo que, se viaja no norte da Itáia de carro, poderá confortavelmente continuar as sua viagem.

Uma solução popular em Como são, também, táxis aquáticos.

Lecco
Apesar do seu passado como um importante centro de indústria siderúrgica, Lecco orgulha-se de uma cidade velha interessante e algumas outras atrações de carácter mais contemporâneo. Entre os pontos de interesse em Lecco destacam-se a catedral Duomo San Nicolo com o famoso campanário, a neoclássica Vila Manzoni e as pontes sobre o rio Adda (as pontes de Azzone Visconti/Ponte Vecchio e a ponte de Kennedy).

As mansões do Lago de Como
O lago de Como foi uma zona residencial muito procurada já desde os tempos do Império Romano. Uma grande parte das opulentas mansões, villas, que podem ser admiradas hoje nas margens do lago, foram construídas pela aristocracia italiana em várias épocas históricas. Estas residências, algumas das quais estão nas mãos privadas, outras, entregues a fundações encontram-se abertas para o público geral, são geralmente rodeadas de belíssimos jardins.

Villa del Balbianello. Situada em Lenno, a Villa del Balbianello destaca-se pelos elaborados jardins e terraços sobre o lago, escolhidos como o se de vários êxitos cinematográficos, entre eles James Bond, Casino Royale e Guerra das Estrelas: Ataque dos Clones.

A villa que pertence, de momento, a uma fundação sem fins lucrativos Fondo per l’Ambiente Italiano (FAI) pode ser visitada. A entrada para os jardins tem o preço de 5 EUR, enquanto 11 EUR vai pagar quem pretende visitar os jardins e os interiores. Mais informações sobre a Villa Balbianello na página de FAI.

Villa Manzoni. Situada em Lecco, Villa Manzoni pertencente no passado ao poeta italiano Alessandro Manzoni e hoje transformada em um museu a ele dedicado é mais um exemplo de famosas residências de Como abertas ao público.

Villa Serbelloni. Um dos prédios mais emblemáticos de Bellagio, Villa Serbelloni pertence à Fundação Rockefeller hospedando conferências e estágios para os cientistas de todo o mundo. Uma grande parte da villa foi transformada num hotel; os jardins estão abertos ao público.

Celebridades do Lago de Como
A discreta elegância e o glamour do Lago de Como atraem famosos e ricos (os preços de imóveis na zona não são acessíveis para muitos).

O actor americano George Clooney é uma dos residentes de Como mais mediáticos, sendo proprietário da Villa Oleandra em Laglio. Em reconhecimento do seu papel na promoção da zona Clooney foi nomeado cidadão honorário de Como.

Entre outras celebridades que descobriram os encantos da zona de Como estão: Madonna, David e Victoria Beckham, Sasha Baron Cohen, Liam Gallagher, David Hasselhof, Richard Branson, Donatella Versace e Silvio Berlusconi. Veja o mapa de famosos residentes de Como

Lago de Como - tempo
O tempo na zona do Lago de Como resulta do microclima local, que se aproxima do clima mediterrãneo. A presença de um grande corpo de água garante temperaturas amenas durante todo o ano, apesar da proximidade dos Alpes. As temperaturas durante o verão oscilam entre 22 e 26 °C, raramente descendo abaixo do 5 °C no inverno.

Alta humidade e ausência do calor ou frio extremos beneficiam vegetação abundante, verde turande todas as épocas do ano.

Informação mais detalhada sobre as temperaturas na zona do Lago de Como.

Lago de Como – como chegar de Milão
Perto do Lago de Como situam-se três importantes aeroportos italianos: Milão-Malpensa (MPX), Linate (LIN) e Bergamo/Orio Al Sério (BGY).

Aluguer de carros Milão, Aeroporto de Malpensa – compare ofertas

Rent a car Bergamo – encontre os melhores preços

Aluguer de viaturas baratas Linate

Abaixo, as distâncias (de estrada) aproximadas entre os aeroportos de Milão e as localidades importantes de Como:

  • distância Aeroporto de Milão Malpensa – Como: 55 km
  • distância Aeroporto de Bergamo – Lecco: 40 km
  • distância Aeroporto de Malpensa – Bellagio: 84 km
  • distância Aeroporto de Bergamo – Como: 83 km
  • distância Aeroporto de Linate – Como: 57 km

Encontre informação útil sobre o Lago de Como no guia Lake Como Travel.



O que ver em Lago de Como – atrações turísticas do norte da Itália
Artigo: O que ver em Lago de Como – atrações turísticas do norte da Itália
Temas: , , ,

Envie-nos comentários ou sugestões sobre este artigo

Send kommentar