Turismo de natureza nos Açores - O que ver na Ilha das Flores?

Todo o arquipélago dos Açores é um destino em crescente popularidade para quem gosta de conviver com a natureza.

Na Ilha das Flores, porém, a natureza, no seu estado mais puro, tem o papel principal na vida das pessoas, quer habitantes da ilha, quer os visitantes curiosos. 

Compare ofertas de aluguer de carros no Aeroporto das Flores

Quer pelas suas dimensões pequenas, quer pelo isolamento e dificuldade de acesso, a ilha tem conseguindo a ficar ‘fora do radar’ do turismo em massa, preservando a o carácter único tanto do seu meio-ambiente, como da cultura e tradições do povo que a habita.

As paisagens da Ilha das Flores:

Em reconhecimento da grande diversidade da flora da ilha das Flores, e dos seus valores paisagísticos, ambientais, geológicos e culturais, toda a ilha foi inserida na lista das reservas de Biosfera da UNESCO, de que fazem parte também as ilhas Graciosa e do Corvo.

Uma grande parte das atrações a não perder na Ilha das Flores são as maravilhas da natureza. Saiba, mais abaixo, quais são os principais pontos de interesse na Flores.

A Ilha das Flores – informações básicas
Contando com a superfície de cerca de 140 m2, a Ilha das Flores é uma das componentes mais pequenas do arquipélago dos Açores. Situa-se no Grupo Ocidental do arquipélago, sendo, na opinião de alguns o ponto mais ocidental da Europa.

Os municípios maiores da ilha incluem a capital Santa Cruz das Flores, localizada na costa leste e Lajes das Flores, no sul. Destaca-se ainda Ponta Delgada, a localidade no extremo norte da ilha.

Veja o mapa da Ilha das Flores (clique para aumentar). 

A maioria da população da ilha, que conta com cerca de 3.8 mil habitantes, reside no concelho de Santa Cruz das Flores.

A ilha dispõem de um aeroporto que opera voos para São Miguel, Terceira, Horta e Corvo.

Não perca na lha das Flores
A coisa mais importante para ver na ilha das Flores é…a própria ilha. Coberta de vegetação luxuriante e, sobretudo flores,  a ilha oferece paisagens de beleza incomparável, sendo um destino popular de trekking. Poderá também optar por alugar um carro nas Flores para fazer uma road trip entre o azul do Atlântico e o verde do interior montanhoso da ilha.

Não poderá, no entanto, chegar desta forma a vários dos locais mais emblemáticos que se escolhem no coração da ilha.

Uma grande parte das atrações turísticas da Ilha das Flores é o resultado de vários fenómenos geológicos que ocorreram neste arquipélago de origem vulcânica. Os poços (pequenas lagoas), cascatas e formações rochosas invulgares encontram-se na Ilha das Flores em grande quantidade. Destacamos:

Rocha dos Bordões.uma formação geológica caracterizada pelas colunas de basalto, sobre quais escorrer quedas de água. A outra peculiaridade geológica na zona (Freguesia do Mosteiro, no concelho das Lajes das Flores) são ainda as furnas de água quente, sulfurosa, localizadas no sopé do rochedo.

Flores Rocha dos Bordões

Cascata do Poço do Bacalhau.Uma queda de água com os impressionantes 90 metros de altura. Situa-se Fajã Grande, no concelho das Lajes das Flores. Outra queda de água muito procurada na Ilha das Flores pode ser vista no Poço da Ribeira do Ferreiro.

Poço do Bacalhau
Poço do Bacalhau e a sua cascata.

As lagoas das Flores.Outra atração muito popular da Ilha das Flores é o conjunto de sete lagoas, também resultado dos processo vulcânicos. Os nomes das lagoas foram atribuídos em função das suas características. Assim temos a Lagoa Funda, a Lagoa Negra, a Lagoa Branca, a Lagoa Comprida, a Lagoa Rasa a Lagoa da Lomba e a Lagoa Seca, sendo que a última, como indica o nome nunca acumula quantidades significantes de água.

Lagoa Funda Flores
Lagoa Funda, Flores.

Piscinas Naturais de Santa Cruz.Um conjunto de piscinas naturais na costa leste da Ilha das Flores proporciona uma forma diferente de estar ‘na praia’.

Piscinas Naturais

Ilha das Flores: os monumentos e pontos culturais
Se quiser familiarizar-se também com a herança cultural da Ilha das Flores, não deixe de visitar a Igreja Matriz da Lomba nas Lajes das Flores, o Museu das Flores em Santa Cruz e o Museu da Fábrica da Baleia do Boqueirão.
Para ver mais de perto como já foi (e em grande parte continua a ser) a vida na ilha, visite a Aldeia da Cuada. Tendo perdido todos os habitantes nos anos 60 à emigração, a aldeia caiu em abandono, sendo recuperada na última década pelos proprietários privados que a adaptaram para os efeitos de turismo da aldeia.

O carácter original da aldeia foi preservado, a sua simplicidade e descontracção permaneceram intactas, sendo somente adicionadas algumas comodidades básicas, suficientes no entanto para garantir uma estadia agradável.

Quando é a melhor altura para visitar Flores?
Situando-se na extremidade Oeste do arquipélago dos Açores, a Ilha das Flores está frequentemente  exposta a condições climáticas adversas. A chuva e o vento são frequentes e o tempo muda abruptamente, dificultando o acesso à ilha tanto por mar, como de avião.

Os atrasos e cancelamentos de voos para Flores são frequentes; houve já muitos turistas que se viram ‘presos’ neste pequeno paraíso perdido no Atlântico.

Por forma a evitar este tipo de transtornos durante a sua viagem  e para poder aproveitar melhor o seu tempo na ilha, procure visitar as Flores nos meses de julho e agosto, quando o tempo é o mais estável.

Nos meses de verão pode esperar temperaturas na ordem de 22-25 graus Celsius e pouca precipitação. Mesmo no verão traga um casaco para-se proteger do vento que na ilha faz-se sentir durante o ano todo.


Turismo de natureza nos Açores - O que ver na Ilha das Flores?
Artigo: Turismo de natureza nos Açores - O que ver na Ilha das Flores?
Temas: , ,

Envie-nos comentários ou sugestões sobre este artigo

Send kommentar