Clima da Sicília - quando viajar para a Sicília

Situada bastante centralmente no Mar Mediterrâneo a ilha italiana de Sicília é um exemplo perfeito do clima mediterrânico. Verões longos, quentes e secos e invernos húmidos, mas de temperaturas amenas seria a descrição mais genérica do clima siciliano.

No entanto, a maior ilha do Mediterrâneo, contando com uma área de quase 26 mil km quadrados, a Sicília é muito diversificada, em vários aspectos, entre eles também no que diz respeito às condições climatéricas dependendo da localização.

Sicília map
Sicília é a maior ilha do Mar Mediterrâneo.

A geomorfologia da Sicília, o terreno montanhoso e com grandes diferenças de altitude, assim como a influência das correntes marítimas e dos ventos são responsáveis pela existência de diversas variações locais do clima na ilha.

Em geral, e como é o caso de muitos outros destinos insulares, o clima na Sicília varia consideravelmente entre a zona costeira e o interior montanhoso da ilha. Num dia de verão, a diferença de temperatura entre um resort de praia e uma encosta do Monte Etna pode ser de até 10 graus, dependendo da altitude.

Existem também diferenças significativas entre o clima no sul da ilha que, exposto às massas do ar quente vindas do continente africano, é geralmente mais quente e seco que o norte. As serras que se estendem ao longo da costa norte da ilha, funcionam como uma barreira natural para o ar quente vindo do sul e, por outro lado, para os ventos do norte, vindos do continente europeu.

Antes de visitar a Sicília é sempre recomendável verificar o estado do tempo e a previsão a curto prazo numa fonte fidedigna. Abaixo apresentamos uma visão muito geral das quatro estações do ano em Sicília.

Sicília no verão
Uma longa estação de verão é típica do clima mediterrânico. Na Sicília, as suas zonas costeiras registam as temperaturas acima dos 20 graus Celsius já a partir de maio. O mês mais quente do ano é o agosto, com uma média de temperaturas na ordem dos 26 graus. Tenha em conta, porém as variações locais do clima; enquanto na costa os termómetros frequentemente indicam até 30 graus, o interior montanhoso da Sicília é sempre bastante mais fresco.

Somente cerca de 150 quilómetros separam a Sicília da costa norte africana e o vento Sirocco, vindo do deserto de Saara faz-se muitas vezes sentir na ilha durante o verão, trazendo massas de ar muito quente e seco, assim como, às vezes tempestades de poeira.

Veja o clima de Catânia.

Tempo em Palermo (temperaturas, precipitação e horas de sol). LINK

A ilha goza de uma excelente exposição solar. Durante os dias de verão poderá contar com uma média de 10 horas de sol. A chuva é praticamente inexistente em Sicília no verão e limitada às zonas do interior.

Prepare-se, no entanto, que apesar do calor nos dias de verão, à noite as temperaturas podem baixar, pelo que mesmo durante a época mais quente na Sicília, à noite poderá precisar de um casaco ou outro agasalho.

Meia-estação – primavera e outono na Sicília
Enquanto o tempo na Sicília é bastante estável durante o verão e o inverno, poderá surpreender bastante nos curtos outonos e primaveras sicilianas.

O fim de verão é geralmente anunciado pela descida de temperaturas perceptível na segunda quinzena de Setembro, sentida tanto durante o dia, quando as temperaturas rondam, em média os 20 graus, como à noite. Enquanto em outubro, as temperaturas médias nas zonas costeiras ainda são na ordem de 17 graus Celsius, em novembro já só poderá contar com cerca de 13 graus.

A probabilidade de chuva aumenta significativamente em outubro quanto os aguaceiros, embora curtos, são frequentes.

O Setembro e a primeira metade de outubro são uma excelente altura de visitar Sicília para quem não aprecia as multidões turísticas. O tempo nesta altura continua relativamente bom e o mar, que esteve a acumular calor durante o varão todo, está bastante quente, aos 25-26 graus, em média.

O belíssimo espectáculo de árvores de folha caduca a vestirem-se de varias tonalidades de vermelho, laranja e dourado é uma vantagem adicional de férias na Sicília no outono.

A Sicília tem uma produção considerável de vinho e a colheita de uvas nos vinhedos locais, assim como o folclore relacionado à tradição vinícola é um outro elemento argumento a favor de outono, como a melhor altura para visitar esta ilha italiana.

Menos turistas e preços mais baixos conjugados com um tempo bastante agradável caracterizam também a primavera. Em março, as temperaturas em Sicília ainda estão bastante ‘tímidas’, com uma média de 13 graus durante o dia.

Em maio, no entanto, poderá esperar um aumento considerável de temperatura, até ao nível de 20 graus, em média. Apesar do tempo agradável e cerca de 6-8 horas de sol por dia, a primavera em Sicília não é, porém, a melhor estação do ano para as férias para quem gosta de fazer praia. Ao contrário do outono, as águas circundantes da ilha ainda estão bastante frias. Para uma grande maioria de pessoas, a temperatura de água abaixo dos 20 graus Celsius, o que é o caso na Sicília na primavera, não permite o conforto suficiente durante os banhos de mar.

Aproveita a primavera na Sicília para passear, visitar as pitorescas aldeias no interior da ilha e admirar as belas paisagens rurais, com os campos cobertos de flores selvagens. A Páscoa é a altura particularmente interessante na Sicília, onde praticamente todas as localidades se decoram para a ocasião e o cheiro dos pratos típicos da época envolve a ilha.

Inverno na Sicília – esquiar com a vista para o Mediterrâneo
A versatilidade do clima de Sicília é mais evidente durante a estação de inverno. Enquanto nas zonas costeiras, até durante o mês mais frio de janeiro, a temperatura média durante o dia ronda os 10 graus Celsius, nas partes mais elevadas das montanhas acumula-se a neve em consideráveis quantidades. A cobertura de neve no Monte Etna, o vulcão activo mais alto da Europa, é suficiente para permitir a pratica de esqui e outros desportos de inverno.

Veja a experiência de esqui no Etna:

As temperaturas abaixo do 0 registam-se habitualmente somente nas partes mais elevadas das montanhas. Em dezembro e janeiro os dias duram cerca de 9.5 horas, somente 4 das quais são de sol.

A chuva é frequente na Sicília entre novembro e março, sendo dezembro e janeiro os meses com mais precipitação. A chuva felizmente não costuma durar muito tempo e não impossibilita, de tudo, a exploração da ilha.

Aproveite a época de inverno para se familiarizar com as atrações culturais da ilha; a Sicília orgulha-se de ter 6 locais inscritos na lista do património da humanidade da UNESCO, entre elas as cidades barrocas de Ragusa, Catânia e Modica, o complexo árabe-normanda de Palermo e os templos dóricos de Agrigento.

Leia também:


Clima da Sicília - quando viajar para a Sicília
Artigo: Clima da Sicília - quando viajar para a Sicília
Temas: ,

Envie-nos comentários ou sugestões sobre este artigo

Send kommentar