Visitar Porto, a cidade em constante transformação

A capital nortenha de Portugal, Porto, é uma vencedora notória dos rankings para os melhores destinos turísticos.

Apreciada tanto pelos próprios portugueses, como os estrangeiros, a Invicta voltou a ser escolhia o melhor destino europeu pela European Best Destinations, repetindo o feito dos anos 2012 e 2014.

O que torna o Porto um concorrente à altura dos destinos europeus mais icónico, como Londres, Milão, Roma ou Berlim? O que faz uma cidade com 1.7 milhões de habitantes digna de competir com a capital portuguesa ou com as badaladas praias do pitoresco Algarve?

A originalidade e genuinidade da cidade que celebra a sua herança histórica e se mantém fiel à sua tradição será certamente um ingrediente essencial da receita de sucesso que o Porto tem vivido na última década. No entanto, parece ser a capacidade de adaptação aos desafios de um mundo cada vez mais moderno que potenciou este sucesso.

A Invicta é uma prova de que a história e a tradição, podem ir de mão dada com a modernidade, que antigo, não tem que necessariamente significar antiquado e que o local não exclui o global.

A cidade com diversos problemas urbanísticos, afectada gravemente pela crise financeira da última década, conseguiu elaborar uma estratégia de desenvolvimento, consistente e a par com as tendências mundiais, recuperando, aos poucos o discreto charme dos seus bairros históricos, melhorando ao mesmo tempo a infra-estrutura de hoteleira e do transporte.

Uma cidade com um aeroporto moderno, atraiu as companhias aéreas, entre elas as low-cost e os turistas não se fizeram esperar.

A unanimidade em que os participantes do ranking da European Best Destination votaram, provou que as estratégias de desenvolvimento adoptadas pelas autoridades da Invicta são de agrado de um público muito vasto. Mais de 135 mil viajantes participaram na votação da European Best Destinations e somente 40 mil votos a favor do Porto foram provenientes do portugueses.

Durante o ano de 2016, o melhor de sempre para o turismo no Porto, mais de 1.5 milhões de turistas a visitarem a cidade. Os números contabilizados na primeira metade de 2017 e as reservas em curso para os meses restantes do ano fazem crer que a tendência crescente é de se manter.

Quais são as atrações mais procuradas pelos turistas na Invicta? Abaixo apresentamos alguns dos pontos turísticos mais importantes de em várias esferas de uma visita turística ao Porto, quer se trate de arquitectura e cultura, quer de gastronomia e lazer.

Porto histórico
Para a esmagadora maioria dos turistas a visita no Porto começa no centro histórico da cidade, classificado como o património cultural da UNESCO.

O Porto histórico abrange uma área relativamente pequena e com alta concentração de monumentos, fácil de se visitar a pé. Entre as paragens obrigatórias estão: a Torre dos Clérigos, considerada um dos monumentos mais emblemáticos da cidade, o Palácio da Bolsa, a Igreja de São Francisco, a Estação de São Bento e a Ponte de D. Luís.

Porto
A chegar a cidade do Porto. Ponte D. Luis. ©Foto: Aluguer-carros-baratos.com.pt.

Desde o sucesso da série de livros de Harry Potter é também a Livraria Lello, a fonte de inspiração para os cenários descritos pela J.K. Rowling, que atrai grandes números de turistas, tanto portugueses, como estrangeiros.

A homenagem à cidade do Porto pelo cantor Rui Veloso:

Ao longo da margem norte do rio Douro estende-se a zona ribeirinha. Embora faça parte do centro histórico, é hoje em dia um local de lazer, oferecendo uma vasta gama de bares, cafés, restaurantes, muitos deles com a vista frontal do rio e da margem oposta, onde a paisagem é dominada pelas adegas do vinho do Porto.

A zona ribeirinha é um dos melhores exemplos da recuperação e revitalização urbana em curso na cidade do Porto. De uma área em decadência passou a ser um dos locais mais visitados da Invicta.

Caves do vinho do Porto
Ainda que bastante comercial e talvez menos autêntica que nos outros locais em Portugal, a visita às caves do vinho do Porto continua a ser uma das atrações mais procuradas na Capital Nortenha.

Ferreira, Taylor’s, Sandeman, Graham’s, Croft, Offley, são algumas das opções disponíveis para quem se quiser familiarizar-se com o processo de produção de um dos vinhos mais famosos do mundo e a tradição à volta deste processo desenvolvida.

Fazer praia no Porto – Foz
O Porto e a zona Norte do país em geral não têm a fama de destinos de praia e dificilmente podem competir com o clima mais quente e a costa mais propícia às actividades balneares próprios da zona centro e sul de Portugal. Isto não significa, no entanto, que não poderá usufruir de descanso à beira-mar na Invicta.

A zona da Foz do Porto é mais um exemplo de investimento no potencial turístico da cidade, desta vez resultante da sua localização onde o Rio Douro encontra o Oceano Atlântico.

Às paisagens de beleza única e várias praias com potencial para prática de desportos aquáticos junta-se um aproveitamento urbanístico interessante da zona. Um dos locais mais emblemáticos desta parte da cidade é a pérgola junto à praia da Luz, inspirada na Promenade des Anglais em Nice, na Riviera Francesa.

Foz do Porto
A Pérgola da Foz, u local perfeito para um passeio junto ao mar.

Visitar o Estádio do Dragão
Enquanto a capital de Portugal divide o seu amor pelo futebol por dois clubes, a Invicta mantém-se unânime no seu amor pelo FC Porto. O estádio-casa do clube, localizado em Campanhã, a leste do centro do Porto é uma paragem obrigatória para qualquer entusiasta deste desporto. Inaugurado em 2003, o estádio com capacidade para 50 mil espectadores é em sim uma estrutura grandiosa, digna de uma visita.

O que completa a experiência, no entanto, é o Museu do Clube do Porto, localizado dentro do estádio. Quem espera uma mera colecção de trofeus e fotos será surpreendido pelo carácter inovatório do museu, que conta a história do clube através das soluções tecnológicas mais modernas que incluem exposições multimédia interactivas e hologramas.

Saiba mais sobre a visita ao Estádio do Dragão – horários e preço dos bilhetes

Comer no Porto: Francesinha
A gastronomia faz parte de um dos encantos turísticos da zona norte do Portugal. Junto com o vinho do Porto e as tripas à moda do Porto, é a francesinha, uma sandes recheada de uma quantidade impossível de carnes e enchidos que continua a fazer sucesso nos restaurante, bares e tascas da Invicta. Como o Porto é uma cidade em constante evolução, evoluiu também a receita de francesinha que agora existe também numa versão adaptada à dieta vegetariana e vegan.

Francesinha
A francesinha vegetariana servida no Lado B Café não fica atrás da versão tradicional. ©Foto: Aluguer-carros-baratos.com.pt.

Face ao crescente interesse nos pratos sem carne, já são várias as casas típicas de francesinha, que oferecem uma opção de sandes de carne, sem carne e que, até na opinião dos amadores de francesinha mais ortodoxos, não perde muito, ou nada mesmo do seu sabor distinto. Como dizem, o segredo está no molho..


Visitar Porto, a cidade em constante transformação
Artigo: Visitar Porto, a cidade em constante transformação
Temas: , ,

Envie-nos comentários ou sugestões sobre este artigo

Send kommentar